Você sofre de refluxo gastroesofágico? Combata o problema seguindo 8 dicas – Melhor Com Saúde

Os refluxos gastresofágicos são caracterizados por uma sensação de queimação na parte superior do abdômen, acompanhado por dor torácica e dificuldade de engolir os alimentos, a causa do refluxo gastroesofágico é o enfraquecimento ou mau funcionamento do esfíncter esofágico que tem como função principal manter o liquido no estomago.

O refluxo gastroesofágico não é uma doença, mas causa bastante incomodo as pessoas, o refluxo pode aparecer pela má alimentação ou problemas relacionados ao aparelho digestivo, pode ser passageiro ou não.

Conheça maneiras de evitar o refluxo gastroesofágico.

 

Maus hábitos Alimentares devem ser evitados por quem sofre de Refluxo gastroesofágico

Os maus hábitos alimentares são as principais causas do refluxo gastroesofágico, em especial o consumo exageros e pratos abundantes podem causar o refluxo, entre os alimentos que não devem ser consumidos por pessoas que sofrem de refluxo gastroesofágico estão carnes embutidas, farinhas refinadas, doces e massas, condimentos picantes, alimentos enlatados e alimentos ricos em sódios.

 

Veja mais:

 

Aumento do Pesos Colabora para o Aparecimento do Refluxo Gastroesofágico

O aumento de peso colabora com o aparecimento do refluxo gastroesofágico, os pacientes com sobrepeso e obesos também costumam queixar-se com frequência do refluxo, isso acontece porque o excesso de peso produz uma pressão no estômago que facilita o retorno do teor ácido ao esôfago.

Pessoas que mantem uma dieta saudável e praticam exercícios físicos, mantem o corpo em pleno funcionamento sem alterações no transito dos alimentos, por isso a manutenção do peso ideal, alimentação saudável e práticas de exercícios físicos diminuem a tendência de sofrer de refluxo gastroesofágico.

 

O Cigarro Agrava o Problema do Refluxo Gastroesofágico

As toxinas do tabaco reduzem a produção de saliva essencial para neutralizar os ácidos, desta maneira os ácidos voltam causando o refluxo gastroesofágico, os sintomas de que existe alteração nos ácidos causada pelo cigarro são desidratação na boca e garganta pela falta de saliva e aumentam da acidez no estomago.

 

Roupas Desconfortáveis Favorecem a liberação do conteúdo Gástrico

As roupas muito apertadas e desconfortáveis influenciam no retorno do suco ácido do estomago para cima, calças apertadas, cintos e algumas camisas aumentam a pressão intra-abdominal depois de comer favorecendo a liberação de conteúdo gástrico.

Para evitar o problema use roupas que não apertem o abdômen e sejam confortáveis, desta maneira você evitará o refluxo gastroesofágico e se sentirá melhor.

 

A Falta de Postura ao Comer Prejudica o Sistema Digestivo

A postura corpora durante e após as refeições desempenha um papel importante no funcionamento do sistema digestivo, facilitando o movimento dos alimentos da boca para o estomago, devido os efeitos da gravidade, ajuda a manter o teor ácido onde ele precisa estar.

Deitar-se e ficar em uma posição inadequada depois de comer, aumenta as contrações abdominais e promove a passagem dos sucos gástricos para o estomago.

 

O Consumo de Chás Previnem e Tratam Problemas de Refluxo

As propriedades antiácidas e digestivas de alguns ingredientes naturais servem como complemento para prevenir e tratar o refluxo gastroesofágico, a hortelão, erva doce, canela, linhaça oferecem tratamento para infecções do aparelho digestivo, eliminando toxinas e gases, auxiliam no retorno do bom funcionamento digestivo.

As fibras da linhaça são importantes na eliminação das toxinas do aparelho digestivo, a semente de linhaça pode ser consumida em alimentos e vitaminas, junto com salada de frutas oferecendo muitos benefícios que combatem o refluxo gastroesofágico.

 

O Estresse é uma das Principais Causas de Refluxo Gastroesofágico

O estresse e ansiedade causada por situações de extrema tensão costuma ser uma das principais causas do refluxo gastroesofágico, as rações nervosas alteram os processos do sistema digestivo, causam desconforto abdominal, e em algumas situações vômitos incontroláveis.