Poucas coisas exigem mais coragem do que “deixar ir” – Melhor com Saúde

O início de um ano é sempre um momento para parar e começar a refletir sobre toda a sua vida. É nesse momento que começamos a olhar para trás e ver as possibilidades que podemos e aquilo que devemos mudar.

É importante sempre terás a visão do passado para que possamos planejar o nosso futuro. Mas infelizmente nem sempre conseguimos deixar de lado o passado e continuar a seguir em frente.

Já parou para pensar o quanto você perdeu por medo de deixar algo? Pense nas possibilidades que a vida lhe deu, mas que foram desperdiçados por que você não se desprendeu por completo de coisas que não te fazem bem, o contrário, acabam sendo prejudiciais a sua saúde. Pois em muitos momentos o certo é deixar as coisas livres para seguir o rumo delas.

Afinal de contas você deve se preocupar primeiramente com você mesmo, fazer um balanço de sua vida e entender que talvez a vida seja melhor deixando quem ou aquilo que não que não te traz futuro.

Veja mais:

Deixar ir, desprender-nos do que nos sobra

Nós seres humanos somos carentes e totalmente dependentes dos outros. Nossa felicidade completa se dá a partir do momento em que nos sentimos bem ao lado de alguém. Essa interação emocional acaba nos deixando mais frágeis e gera certas sensações de medo.

Afinal estaremos largando algo que é conhecido, algo que já estamos acostumados a vivenciar, como por exemplo uma relação de anos. Deixar que esse tipo de relação antiga seja desfeito de um momento para o outro é algo complicado.

São muitas emoções envolvidas nesse tipo de situação. Contudo é preciso avaliar e verificar se é válido dar continuidade a uma situação que está fadada ao fracasso e que não haverá um futuro para nenhum dos lados.

Como em nossa casa realizamos uma faxina para retirar o que é velho e doar ou jogar fora; em nossa vida também devemos fazer isso. É preciso fazer uma limpeza para retirar o que não nos dá mais a alegria e que está sobrando na sua vida, e deixar que essa sobra de vá.

 

O medo de soltar

O medo de soltar uma situação negativa paira sobre a vida de muitas pessoas. Isto acontece pois o medo libera certas sensações que são únicas e podem viciar uma pessoa.

Através do medo a pessoa se sente vitimizada em uma situação. Ela acaba se acostumando em set vítima e infeliz, se tornando refém de alho que ela criou. E que agora não sabe como se libertar.

É algo realmente triste ver pessoas que têm medo de enfrentar a vida e se tornam refém delas.

 

Deixar ir é um ato muito libertador

A partir do momento que você decide deixar ir uma situação que já não tem mais controle e sabe do fracasso certo, você acaba crescendo e aprendendo com essa situação.

Aprende que nem tudo sairá da forma como era esperado, mas é possível crescer e também amadurecer a partir de situações divergentes. Acabamos tendo maior controle sobre nossos pensamentos, comportamentos e até sobre nossas emoções. Você vai se sentir mais livre e corajoso após deixar algo ir e tomar o seu rumo.