Comer de forma saudável gastando pouco: conheça 8 segredos

Quando ouvimos falar sobre uma alimentação saudável, logo associamos a preços caros. E isso é bem verdade, a grande maioria dos produtos considerados naturais e orgânicos não são acessíveis a todos os públicos, possuindo um valor mais alto que o bolso de muitas pessoas.

Por esse motivo, parte da população se recusa a aderir aos hábitos saudáveis, afinal de contas, os preços fogem do orçamento de muita gente.

Mas é possível sim criar hábitos saudáveis em suas refeições do dia a dia, mesmo gastando pouco. Saiba como!

Dicas para comer de forma saudável sem gastar muito

  1. Compre produtos que estejam na temporada

Você deve primeiro observar quais são as frutas e hortaliças que estão em época de temporada. Isto porque, elas costumam ser vendidas por um preço mais em conta e normalmente possuem maior qualidade que as demais.

  1. Vá à feira
  2. Veja mais:

Aonde você mora tem feiras? Provavelmente tem sim, e você já foi lá dar uma olhadinha nos preços? Certamente vai se deparar com valores mais baixos que no mercado.

A sugestão é ir quando a feira estiver quase acabando, este é o momento em que você vai encontrar as melhores ofertas do dia e conseguir alimentos saudáveis, economizando.

 

  1. Amplie seus horizontes culinários

Fuja da tradicional culinária brasileira. Realmente ela é muito boa, mas existem outras opções que você pode acabar investindo. Por exemplo, nas comidas chinesas, que possuem alimentos baratos e fáceis de serem preparados, além de possuir bastante nutrientes e ser saudável.

Procure saber mais também sobre a culinária mexicana, japonesa, asiática, enfim, mude a rotina e encontre novas maneiras de cozinhar algo saudável.

  1. Adquira cortes de carne mais baratos

Não é todo dia que dá para comprar um filé mignon ou um salmão para preparar como acompanhamento. Porém, a carne também não precisa ficar fora do seu cardápio saudável. Você pode incluir algumas carnes, desde que o corte seja de pedaços mais baratos.

Alguns exemplos de cortes mais em conta são: cortes de órgãos, pescoço, barriga, bochecha, juntas, vitela entre outros pedaços que você pode adquirir por um preço mais justo.

  1. Compre grãos integrais e feijões

Outra dica bem legal para quem quer economizar na alimentação é adquirir mais feijões e também investir nos grão integrais. Com eles você pode fazer várias receitas, desde hambúrgueres até saladas ou sopas. Tudo de forma saudável e nutritiva. Além disso, esse tipo de alimento dará a sensação de estar satisfeito por mais tempo.

  1. Compre a granel

Comprar a granel é adquirir uma grande quantidade de produtos do mesmo lugar e deixar estocado por um período. Ou seja, você pode adquirir alimentos que não estragam com facilidade e deixar que fiquem estocados em sua casa para que os utilize conforme os dias forem passado.

Você pode comprar a granel o arroz, a aveia, o macarrão e até mesmo a carne. Normalmente, quando você compra em grandes quantidades o desconto acaba sendo maior, e às vezes você até ganha gratuidade na entrega.

  1. Reutilize as sobras

Não ignore as sobras, elas podem ser alimentos nutritivos e saudáveis, além de renderem pratos novos e criativos. Para isso é importante que você não jogue fora o que sobrou, saiba reaproveitar cada comida que seria jogada fora. Por exemplo, vamos falar de frangos.

Você comprou um frango inteiro na promoção fez no almoço e sobrou, o que fazer? Simples, comece a inovar os pratos. Você pode fazer um sanduiche de frango, uma sopa com os pedaços que sobraram e até jogá-los em um macarrão ou no arroz. O importante é ter criatividade!

  1. Mantenha a geladeira e as gavetas organizadas

Como anda a sua geladeira? Ela tem organização ou está tudo bagunçado? Caso você responda que não se preocupa com a organização da geladeira, é melhor rever, pois é nela que estarão suas comidas e alimentos, e você precisa saber o que tem para evitar prejuízos. Se puder, separe os alimentos em gavetas, nas prateleiras e coloque etiquetas nos potes.